No país das maravilhas tudo pode ocorrer e se desenvolver, senão vejamos. O nosso representante toma uma decisão de apoiar o Irã juntamente com o Chaves contra todo o mundo e acha normal. Nosso país cai cada vez mais no conceito mundial principalmente no preconceito de sul americano e tem justificativas para que isso aconteça.Outra coisa são as pessoas desocupadas que não tendo o que fazer procuram sarna para se coçar.

Alguém  desenvolveu um projeto de lei buscando aumentar a gorjeta ou propina dada espontaneamente pelo cidadão ao garçom pelos serviços prestados por esse na sua atividade. Nós quando vamos aos bares e restaurantes, satisfeitos pelo atendimento damos como forma de reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo garçom um valor monetário correspondente a 10% e nem sempre os 10% são repassados aos garçons.Agora com essa obrigatoriedade entre aspas de que o cidadão deverá dar 20% de gorjeta é realmente um absurdo natural desse país. Se a gorjeta ou propina é dada por espontaneidade, como estabelecer 20%. Os desocupados vão dizer que não é obrigatório, mas aumentaram o percentual e ai quando você estiver no bar ou restaurante e der 10% que é o comum, o garçom vai ficar esperando o resto ou então vai falar e cobrar o resto ou então vai fechar a cara e fazer alguma coisa com vc. Está correto. Quando eu dou uma gorjeta eu posso dar 100%, 200% ou 1000% mas quem deve decidir sou eu e não uma lei. Essa lei é inconstitucional. A obrigação de dar salário ao garçom é do empresário e não da comunidade. As gorjetas não são repassadas. Imagine, vc toma umas cervejas e come alguns tira gostos e quando vamos pagar eles nos cobram os 20% sobre os 55% de imposto sobre a cerveja totalizando por baixo 75%, não é um absurdo.Em Juiz de Fora, um levantamento do jornal de maior circulação nos informou que 90% dos flanelinhas que estão nas ruas perto dos bares e boates já tem passagem pela policia e existem pessoas que querem legalizar a profissão de flanelinha e alguns deles já estão cobrando o mínimo de R$5,00 para não olharem nada e ainda colaborarem com os roubos na cidade, basta verem as estatísticas de roubo de carros no centro da cidade. Com essas pessoas não há de se acreditar, pois os supermercados e Shopping Centers  não aceitam se responsabilizarem por roubos em seus interiores de carros estacionados, imagem esses pirralhos na rua. Esse projeto de legalização é uma vergonha.

Outra coisa é o trânsito, o estado por não estar recebendo a totalidade das multas de trânsito devido a convênios anteriores com as prefeituras, resolveu romper, segundo noticia vinculado no jornal Hoje em Dia de BH. Juiz de Fora não informou isso pelos jornais. Antes era tudo pela Getran ou Setra. Viram-se no estado uma arrecadação de R$76 milhões de reais e a aplicação somente de R$45 mil reais em educação. Os jornais de JF, bem como, a mídia televisiva, falam que o povo de ser educado no trânsito, principalmente os motoristas, mas esquecem de quem está legislando também deveria fazer o curso de educação primeiro e infelizmente ocorre o contrário. Outro dia passando pela rua Santo Antônio, vi um carro para em frente a Clamp e um PM do outro lado falou alguma coisa com ele. Ele se retirou e o PM pegou um papelzinho e escreveu a placa do carro. Hoje vi de novo, um carro parado em frente a Clamp o motorista e esposa entram no veiculo para saírem, o PM do lado não falou nada, quando saiu ele tirou um papelzinho do bolso e escreveu a placa. Isso é Brasil e sem comentários.

Muita gente assustada com o crescimento inercial da candidata Dilma, perspectiva de votos do universo eleitoral do PT, que é de 38 %. Se passar os 38% ai sim os opositores deverão se preocupar, por enquanto tudo está nos conforme.

Continuamos com o sofrimento dos aposentados com o fator previdenciário que é a esperança de milhões de brasileiros e que era factível como instrumento de voto e acabou morrendo. O senador Mão Santa na TV Senado disse que os agricultores do Piauí estão morrendo com a cobrança dos bancos das dividas contraídas que atualmente alcança o montante de 1 Bilhão de Reais e que Luiz Inácio perdoou uma divida dos paises pobres em torno de 1 Bilhão e Meio. Ressalta que sua mãe lhe falava que temos primeiro que ajudar os de casa para depois ajudar os outros, pena que a mãe do senador não é a mãe do Luiz.

O Flamengo está copiando o Tupi, vai, vai, vai, e quando vc pensa que vai ele volta. Por incrivel que pareça o Simom foi escolhido para a Copa do Mundo pela FIFA. O penal de domingo contra o Flamengo que o juiz marcou foi realmente uma coisa incrivel. O jogador toma o amarelo, o penal não existiu, o Flamengo leva o gol e o juiz nada, é o Brasil que eu amo e os brasileiros vivem gozando os argentinos,AH!!!!!!!