Os recentes acontecimentos na economia do país demonstram que estamos regredindo em atitudes e que jogamos ao léu os conceitos de administração, no campo do marketing e vendas. Na hora de vender, as empresas laçam,colocam o tapete vermelho para os clientes depois só Deus sabe, são os verdadeiros moitas.

O conceito de qualidade total é inexistente nas empresas, donde tanto internamente como externamente temos clientes ávidos para serem bem tratados e tranqüilos para adquirirem produtos e serviços de qualidade e assim se tornarem fidelizados. As seguintes falácias: Colaborador, Cliente sempre tem razão, Cliente é Rei, Equilíbrio Capital/Trabalho, Qualidade é o nosso tema, Temos ISO, na realidade são só da boca para fora. Alguns de vocês devem estar me criticando sobre o que estou abordando, mas eu como não sou bobo, não vou generalizar (Polidez), existem empresas que investem em qualidade interna e externa, porém são poucas.

Quantos de vocês já adquiriram um produto via internet ou pessoalmente em uma loja e o vendedor lhe faz cortesias às vezes até demais para que você compre o produto e depois do sim, ele ainda tenta vender a garantia estendida. Garantia estendida, alguns produtos tem garantia de 3 meses e outros atingem 1 ano, a estendida vai de 1 a 3 anos e ai você tem que pagar uma taxa para poder utilizá-la. Agora, veja: Você compra o produto e como não quer gastar mais dinheiro não aceita a garantia estendida e quando passa os 3 meses o produto apresenta defeito e a  garantia já venceu, você perdeu. Mas se você aceita a garantia estendida, o produto parou de funcionar, como você não tem cópia deste contrato eles lhe informam depois de muita canseira, que somente poderão garantir as peças, mas não trocar o aparelho por um novo, está escrito no contrato que você nunca viu ou verá. Gente, isso é 171.

Já aconteceu com vocês esse fato. Concordam. O PROCON nos informa que a garantia de produtos são de 30 dias e algumas vezes de 90 dias no máximo, como as empresas colocam a garantia de 1 ano a 3 anos?  O pior é que não existe contrato e se não existe contrato, teoricamente não existe direito. Atualmente o desrespeito ao consumidor ou cliente, perdeu o controle é todo dia e segundos que existe uma reclamação contra empresas ou falsas empresas.

Veja as estatísticas do PROCON os setores que mais tem reclamação e haja reclamação são: 1º Telefonia; 2º Planos de Saúde; 3º Empresas de produtos Eletrodoméstico,Informática e Eletrônicos. O conceito de que a empresa só existe, porque existem clientes será verdadeiro?Pelo menos aprendemos na Faculdade ou Universidade.

A desculpa deles é a fala do CHAVES : Sem querer, querendo! Ora, bolas. O modismo atual é a Humanização das Empresas, é como lançamento de TV 3D, todo mundo quer. Primeiro temos que entender que humanização de empresas, é assumir a condição de ser responsável socialmente empresarialmente, tanto no campo interno como externo, algumas empresas apenas olham o seu umbigo e ai, acontecem os fatos relatados.

Eu gostaria de saber o porquê disso? Tempos atrás, quando um consumidor adquiria uma televisão e ela apresentava um defeito, uma das multinacionais do país, lhe fornecia uma nova. Hoje, nova só a Lua. Caros amigos estamos perdendo o nosso direito de cidadania, temos que fazer valer os nossos direitos e um conselho para essas empresas que não reconhecem os cliente, estamos vivendo em um mundo globalizado, aonde o vencedor apresenta diferenciais, não adianta reclamar depois que não vendem e que o governo não ajuda, temos que separar o trigo do joio urgentemente.

Defendemos as boas empresas, não as más, não podemos perder a credibilidade junto a sociedade. No mundo de hoje vivemos a época das marcas, não joque fora a sua por causa de migalhas, seja sempre um grande empreendedor.