Até eu fico perplexo com as apresentações de Criss Angel o maior mágico ilusionista do mundo e parece que obteve vários alunos aqui no país, que tentam empregar os seus conceitos na economia.

Outro dia fui a uma palestra de um governista e ele apresentava para uma platéia seleta uma análise da economia brasileira, apresentando um Modelo salvador de nossa economia e que deveria ser seguido por todos da região, como um verdadeiro norte.

O Modelo, que não é o MEG – Modelo de Excelência da Gestão, da FNQ – Fundação Nacional da Qualidade, que é apresentado pela UBQ Regional e IQM – Instituto Qualidade Minas, apresenta quatro viés, chamado por ele de motores. Senão vejamos: 1º Motor se basear na produção de comodities, investir, pois o Brasil é o celeiro do mundo e todos vão necessitar de nossos alimentos e produtos; 2º Entrar no programa Bolsa Família que estimula o consumo e  a produção acaba com a pobreza; 3º Executar as obras do PAC, o PAC está em todas as cidades Mineiras, 853 Municípios, menos em São João Nepomuceno-MG, assim você maximiza o resultado da cadeia produtiva, gerando obras de infraestrutura, eliminando gargalos; 4º Minha Casa Minha Vida, também agilizando a cadeia produtiva, gerando empregos e renda.

Amaizing, um líder de governo apresentar um modelo desses para a solução do país, e também afirmou que o país está crescendo e que a situação ruim já passou tudo está em ordem, esquecendo que o PIB neste dia anunciado pelo IBGE foi de 0,9%.

Muitas pessoas saíram contentes, pois na platéia havia PT, amigos do PT, ligados ao PT, PT. Outros, na categoria de empresários saíram frustrados, o que era de se esperar, pois está chegando as eleições e tudo nesse país é política, nada mais do que política.

Vamos analisar o Modelo apresentado:

  1. Enquanto  muitos economistas como eu censuram o abuso da dependência do nosso país  relativo a Commodities, o representante do governo chamava-nos de  pessimistas sem base. Deu exemplos de governos que investiram em TI e que se  deram mal. Que coisa! Gente, estamos acabando com a nossa riqueza a preço de Paraguai, se atualmente fossemos um país investidor em tecnologias com nowhow      próprio ou parcerizado, teríamos uma posição de destaque no mundo, sendo respeitados por todos eles, como um dos 7. Incentivar a continuar com o modelo de commodities é retroagir no tempo, as commodities tiveram o seu tempo áureo, essas pessoas tem que saber que as únicas coisas reais na vida são a morte e as mudanças;
  1. Quando o  governo coloca uma quantidade enorme de dinheiro nas mãos da classe D com  o nome de Bolsa Família, esquecendo dos aposentados, provoca um tsunami de  consumo, gerando uma inflação de consumo e ai, a Rede Globo anuncia que os  cidadãos brasileiros estão endividados. Neste caso falta realmente  planejamento  estratégico. Temos que ter uma visão holística do que      estamos empregando em ações, esqueceram da faca de dois gumes. Estamos  invertendo a Pirâmide Social. (Sociologia).
  2. As obras do PAC estão iguais a filmes famosos, como: Duro de Matar 1. 2 e 3. O numero 1 e o 2 não foram acabados e ai eu questiono o que será dos  outros.  O governo criticou  duramente os empresários que estão se abstendo de investir, esquecendo ele,  que o que  falta, é o investimento de ambos os lados e que o investimento  público é de suma importância para a cadeia produtiva. Só o empresário faz  o dever de casa o governo mata a aula.
  3.  Os investimentos relativos à Minha Casa  Minha Vida, foram feitos na correria e nós vemos muitas casas com  problemas estruturais, o meio ambiente deixado de lado e os usuários nem todos, adorando a situação, muitos voltando para o seu lugar anterior. O que falta é adequar a situação a cultura brasileira.

Por fim, para solucionar o problema brasileiro temos sim que utilizar modelos que dão certo ou que deram certo, como o MEG – Modelo de Excelência da Gestão, difundido pela UBQ-Regional e IQM, isso na questão de organização e planos.

Na óptica da economia, temos que sim mudar a nossa forma de comercializar mundialmente, dando prioridades para produtos de tecnologia, aliás, Juiz de Fora, está para ter o seu Parque Tecnológico e isso sim é futuro. Temos que reduzir a nossa carga tributária temos que eliminar o Custo Brasil, Temos que administrar a nosso favor o caso CHINA, enfim uma série de variáveis econômicas de resultados.

A eleição está chegando, e o povão com dinheiro no bolso, moradia, bolsas e outros coisas mais, não conseguem ver a realidade e sim, simplesmente a magia, o sonho, pois está tudo bem em casa e é isso que eles querem.

O mundo está acabando e vcs sabem o porque! O nosso problema não é modelo, e sim EDUCAÇÃO.