Blog

Artigos

Em tempos de Crise temos que rever nossos Custos.

19/09/2016

 

A atual conjuntura econômica nos faz refletir em termos de ações visando à sobrevivência em um ambiente conturbado, nunca se esquecendo de objetivarmos a produtividade.

A análise de custos, é uma ferramenta que nos possibilita retroceder para viver, isso é se estamos com preços altos acima dos preços de mercado, alguma coisa está errada. O sistema de custo de uma empresa informa o seu custo e ajuda na formação de preço, porém se este preço está acima do preço de mercado, você tem que se ajustar.

Para isso, indicamos algumas ações que possibilitam você reajustar os preços diminuindo os custos e despesas, maximizando os lucros.

Vamos iniciar com observações sobre a Gestão: Analise seus custos, após elencá-los, realize cortes naqueles que tem menos participação no lucro e que não afeta a produtividade e o bem estar de seus colaboradores.

O Planejamento é de suma importância para a empresa, através dele definimos as metas de vendas, bem como, a metas de diminuição de gastos, depois é só monitorar.

Os colaboradores da empresa são atores importantes nesse projeto de redução de custos, porém eles precisam estar bem envolvidos, só assim conseguiremos alcançar os nossos objetivos, sua valorização após, também é essencial.

Lembre de que o outro ator nesse cenário é o Cliente, a redução de custos é fundamental, mas nunca deve ser instrumento para eliminar a qualidade do produto. Então, preste atenção nos cortes, não deixe que ele seja visto pelo cliente como ponto negativo de sua empresa.

Outro ponto nevrálgico de uma empresa é o tratamento com os seus Colaboradores. A empresa deve otimizar sua jornada de trabalho, aproveitando o horário, evitando-se horas extras e gastos com energia elétrica. Chamamos atenção também para que o empresário oriente seus colaboradores na questão de não acessar redes sociais durante o horário de trabalho.

Com relação à demissão de colaboradores, chamamos a atenção para os custos de demissão.  Antes de demitir, devemos colocar no papel os custos da rescisão, os custos de uma nova contratação e seu treinamento. Temos que evitar a perca de talentos.

Outra alternativa objetivando a redução de custos é você adotar o banco de horas na empresa, com essa ação você reduz os gastos com horas extras.

A terceirização também é uma ótima alternativa de se economizar com pessoal, desde que a função não seja uma atividade fim.

Busque rever a sua cesta de benefícios que oferta aos seus colaboradores, evite gastar mais do que o necessário, verifique acordos sindicais.

Não se esqueça de adotar o sistema de férias coletivas quando houver necessidade de redução acentuada dos níveis de produção e o período poderá ser descontado das férias normais.

Tente implantar o sistema de rodízio de colaboradores nas funções na empresa, com isso você otimiza processos.

Faça corte nas pequenas coisas do dia a dia, procure reduzir perdas na produção, invista em equipamentos modernos e qualifique o pessoal, economize no telefone, verifique os pacotes disponibilizados pelas empresas de telefonia e adéqüe sua empresa.

Opte por alugar carros, analise o leasing, com isso você diminui gastos.

Busque otimizar os gastos com energia, reavalie a logística da empresa, digitalize documentos, analise a possibilidade de venda de ativos das empresas, o recurso obtido pode ajudar a atualizar a sua linha de produção.

No campo das finanças, você deve analisar junto ao contador o melhor regime tributário para a sua empresa, se houver dividas, sempre renegociá-las, ajustar o seu fluxo de caixa, não deixe de planejar as suas dividas, controlando-as. Vejas as linhas de crédito disponíveis nos bancos oficiais e apresente um bom plano de negócios e já que estamos falando de bancos, não se esqueça de negociar as tarifas bancárias e terá grandes surpresas.

Outro ponto fundamental de redução é o relacionamento de sua empresa com fornecedores. Devemos levar em consideração a questão da relação custo/volume/lucro, donde se conclui que comprando volume temos menor custo unitário. Evite comprar somente de um fornecedor. Se puder unir com seu concorrente para compras coletivas, você irá ganhar, devemos urgentemente reduzir estoques de produtos que não tem giro e sempre prestar atenção nos processos de compra, realize pesquisa de mercado e compre pelo menor preço, nunca se esquecendo da qualidade.

Outro ponto fundamental é utilizar seus produtos para premiar seus colaboradores, evitando assim, gastos com aquisições de outrem. Não seja um analfabeto em informática, invista nas redes sociais, faça seu site e face, automatize a sua força de vendas. Invista em showroom através de loja virtual via informática, monitore sua internet, conheça o seu cliente e consumidor. Não se esqueça de seus clientes fidelizados, concentre-se no planejamento estratégico, veja quais produtos dão mais retorno e invista neles, libere a criatividade.

Por fim, devemos investir em tecnologia, devemos adotar um software de gestão integrada, buscando sistematizar os processos de produção. Para esses investimentos devemos pesquisar preços, existem muitos aplicativos no mercado, escolha o melhor, aquele que possa alavancar o seu negócio.

Resumindo, procure aprender a aprender, converse com as pessoas, participe de cursos e treinamentos, seminários e fóruns, leiam bastante, somente assim, você estará pronto para vencer os obstáculos do ambiente negocial, espero ter podido colaborar com a administração de sua empresa, fornecendo-lhes alguns tópicos de redução de despesas e custos que mesmo conceitos sintéticos, possam abrir a sua cabeça para reflexão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Sem comentários em Em tempos de Crise temos que rever nossos Custos.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado